sábado, 31 de março de 2018

MEMORIAIS

Das contribuições da Reforma Protestante, algumas me instigam mais em memoriais específicos. Um deles é a Páscoa. 

Antes de comemorar a ressurreição, ainda hoje Católicos Apostólicos,Romanos "malham" o Judas e o guardam como grande traidor. Há mais de 2 mil anos condenam Judas pelo seu pecado, segundo eles, o crime de "entregar" o Cristo às mãos dos inimigos.

Quanto a isso, lembro as palavras do próprio Jesus quando Pedro tentou livrá-lo do sofrimento:

"E começou a ensinar-lhes que era necessário que o Filho do homem padecesse muito, fosse rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e pelos escribas, e fosse morto, mas ressuscitasse depois de três dias.
E falava-lhes abertamente dessas coisas. Pedro, tomando-o à parte, começou a repreendê-lo.
Mas, voltando-se ele, olhou para os seus discípulos e repreendeu a Pedro: Afasta-te de mim, Satanás, porque teus sentimentos não são os de Deus, mas os dos homens." Marcos 8:31-33

Ademais, 700 anos antes da vinda de Jesus, seu nascimento, morte e ressurreição já haviam sido profetizados por Isaías.
E por minha conexão com Deus sobrepujar o teto de qualquer igreja ou templo que medeia esta conexão, por não ter compromisso em agradar ninguém, posso por vezes desagradar a muitos. O que, neste sentido, me torna mais próxima de Judas, humano, que de uma divindade perfeita, a qual nunca vou ser. 
Até porque, se formos pensar, tanto Judas como você e eu, somos cria do mesmo Deus. Somos criaturas brincando de ser donos de nossa vontade.
Mas Deus sabe quem somos. Ele sabe.

terça-feira, 27 de março de 2018

Fundamentos da justiça divina e lei do retorno: pra quê?

O que me importa acreditar que tudo o que se faz volta para quem fez se fazendo o bem tenho recebido o mal? Se cercada do amor de muitos, encontro-me inalcançável (e só). De que me vale o consolo de pensar que quem me fez o mal vai receber o mal no futuro se toda dor agora é somente minha?

Não senhoras e senhores. Não me importa a justiça divina. Não me interessa a lei do retorno. Nenhum mal que volte a quem mal me fez vai aliviar um décimo do sofrer que passo agora.

Desse modo, dizer que Deus está vendo o mal que me fizeram, não faz nenhuma diferença. Especialmente quando sei que existem tantos humanos brincando de ser deus.

E então, o que eu espero afinal?

Em meu mundo, que de tão simples torna-se perfeito e, portanto, impossível, existe a resposta em seguida do gesto. O gesto é o arrependimento; a resposta, é o perdão.

O antídoto, a felicidade.

O desejo é que quem hoje faz o mal seja feliz. Mas tão feliz que seja capaz de sofrer pela remota possibilidade de causar dor a outra pessoa.


terça-feira, 20 de março de 2018

A CULPA É DA ESQUERDA, DOA A QUEM DOER!

Talvez seja difícil para você admitir que Bolsonaro seja cria de personagens como Jean Wyllys. Entendo. Eu não tenho problemas em publicar este texto. Abomino fanatismos, eufemismos e qualquer necessidade de agradar sendo o que não sou. Quanto a isso, talvez esteja mal posicionada. Poderia, quem sabe, ser de esquerda, não fosse o niilismo (ou talvez a própria esquerda).
A esquerda contaminada pela doença do "falem mal, mas falem de mim", cutucou a ferida de forma profunda e irreversível. Afrontou valores de um país que, quer você goste ou não, é de maioria cristã, conservadora e formado por lares tradicionais.
Eu sempre disse que a maneira correta de impor respeito não era pelo ódio. Um princípio de Confúcio já dizia que as palavras convencem, mas os exemplos arrastam. E qual o exemplo da esquerda? Qual o limite entre a anarquia e a ordem quando se inverte o sistema?
Jesus é gay, trans, cis. Elementos sacros são adereços do profano. Homens devem ser odiados pelas mulheres, afinal, são estupradores em potencial. Não basta garantir que as mulheres tenham direito ao aborto em casos excepcionais. Vamos instrui-las a não levar adiante a gravidez caso não estejam a fim no momento. Cultura? Só se for pós-moderna! Vamos exibir nossa arte em um vaso sanitário, um monte de lixo no canto da sala, um homem nu sendo tocado por uma criança. Gênero? Não existe. É uma criação social. Sexualidade infantil? É normal um menino levar seu namoradinho para o aniversário de 13 anos e beijar na boca dele ao som de aplausos. Empoderamento é promiscuidade. Afronte. Indisciplina. Desrespeito.
A esquerda pariu o ódio a ela mesma e agora sofre as consequências. Não há bandeira branca. Cada vez mais estão vermelhas. De partido e sangue.
Em busca do respeito, o ódio continua sendo combatido com ódio e você briga com seu amigo no facebook, faz chacota de quem se posiciona diferente de você. Multiplica as crias de uma história de ódio. Porque é tudo o que resta.
Fomenta-se a intolerância sustentando discursos demagogos de equilíbrio e igualdade.
Enquanto isso, estamos prestes a entregar o país nas mãos de um delinquente, e assistir calados, em nome de uma democracia, o grito dos que se vêem desesperados diante de tanta coisa fora do lugar.
É triste, mas o pior ainda está por vir. #esquerda #direita #Brasil #Bolsonaro #JeanWyllys #niilismo #bulanabula #antesqueocafeesfrie

terça-feira, 13 de março de 2018

DEPRESSÃO

A depressão é um quarto escuro no qual só quem já esteve, sabe que não quer voltar.
A depressão é um quarto escuro que guarda monstros dentro do armário e embaixo da cama. Esses monstros só você vê, mas ninguém mais precisa, afinal você e só você é devorado por eles.
E porque só você é devorado por eles, você está só.
E eles comem tua alma, sugam tuas forças. Você se sente sufocado. Falta o ar.
Você está preso em correntes tão pesadas que não te deixam levantar.
As pessoas te olham e te dizem: reaja! Vamos, saia daí! Você não pode ser tão fraco.
As religiões te oprimem e te fazem sentir mais culpada. Deus não quer que você esteja do jeito que está.
Você está magoando sua família.
Você está magoando o próprio Deus!
Que ser tão desprezível é você!
Quando parecem se convencer de que algo não está normal, decidem ouvir uma opinião. Alguém que consiga ver tudo de fora. Este alguém te receita. Primeiro em via branca, depois azul. Uma via, duas, três ou quatro papéis.
A farmácia te vende.
Você engole. Calado.
Os dias passam e você para de chorar.
Os dias passam e você não reclama mais.
Os dias passam e você tem cada vez mais dificuldade de lembrar das coisas.
Os dias passam e você sequer sabe qual é o dia.
Os dias passam e você não sente mais nada.
Você não sente nada.
Você se torna um nada ocupado por imenso vazio.
Porque para se curar a depressão, para sair do quarto escuro, é necessário enganar o seu cérebro que você morreu. Que os monstros venceram e conseguiram te dominar.
E se você morreu, você não vai tentar suicídio. Nem vai conseguir.
E todos ao seu redor ficarão tranquilos.
Você está bem.

H.T.



#depressao #textoautoral #escritoresbrasileiros #quartoescuro #prisaopsiquica #freud #psiquiatria #psicanalise #textoscrueis #diganaoaoplagio

sábado, 10 de fevereiro de 2018

VITAL


Quando silencia-se em mim o entusiasmo, a angústia me toma por amiga.
Confidente de seu querer, querendo sempre que eu não queira o motivo do bem querer.
Quando suicidam-se em mim as forças, a saudade me adota como filha.
Faz-me primogênita e única, abraça-me e sufoca, faz sangrar a minha alma, faz doer o coração.
Quando a esperança está quase no fim, o amor me toma por guia.
Faz-se base, estrutura e topo, matéria fundamental em mim;
Faz-me insistir em viver
Por quem não desiste de amar.

H.T.