quinta-feira, 13 de setembro de 2012

A saúde está doente.

Oi.
Em tempos de crises nos principais sites de notícias, abre-se o site não com o assunto do mensalão, ou com as demais sujeiradas do nosso cenário político. Não! Nada disso! O assunto que é manchete é a briga de Carminha e Max, pelo que entendi, personagens de uma novela.
At long last...
Estou voltando pro blogger para arrumar a casa. Recebi uma proposta de parceria com o Jornal de Caruaru e eles me intimidaram a estar atualizando sempre! Mas, o que dizer?
Ando tão down, mas não queria encher vocês com isso. Então vou descarregar minha revolta com a saúde pública em Pernambuco!
Lá vai...
Não é de hoje que a saúde está doente! E isso não se resume a um ou dois estados. A situação é precária em várias partes do país. O que aconteceu com meu avô é motivo de revolta e indignação de qualquer ser humano com o mínimo de entendimento da dor que ele está passando.
Desde o dia 27 de agosto, ele necessitava de um exame chamado arteriografia, pois ele é diabético e estava prestes a perder o dedo do pé pois estava sem circulação. A UPA, disse logo que era caso de amputação e o mandou para o hospital Geral de Vitória de Santo Antão. Lá ele passou dois dias e um médico especialista, o encaminhou para Recife para realizar esse exame. 
Em Recife, ele foi para o Hospital Getúlio Vargas, agonizar numa maca no corredor porque não tinha leito. Mas espera aí... Cadê o Estatuto do Idoso que garante a prioridade? Gente, estamos falando de um senhor de 85 anos de idade!!! Ele tinha que passar na frente de qualquer pessoa, mas ao contrário disso, quem passava na frente dele eram os médicos pra lá e pra cá e nem olhavam para ele. De fato, é preciso reconhecer que lá é um hospital de casos gravíssimos, mas isso não justifica o não atendimento. Após vários dias nessa situação, a médica vascular olhou o caso dele e o diagnóstico foi que em hipótese nenhuma faria o exame pois o caso dele era de amputação, mas não ia fazer o procedimento. Então, a saída foi voltar a Caruaru.
Retornando à sua cidade de origem, puseram meu avô num leito na "sala vermelha" (pacientes em estado grave). Deixaram ele nesta sala por longos dias e mais uma vez, sem atendimento de um especialista. Minhas tias recorreram ao Ministério Público, a promotora deu uma recomendação, o hospital não cumpriu então foram até o juiz que expediu NA HORA um documento exigindo providências quanto ao caso. Isso foi feito no sábado, 08 de setembro; no domingo apareceu um médico que fez a cirurgia. 
Mas a história fica ainda mais triste porque a infecção se espalhou e, ao invés de um dedo, ele perdeu a perna, mas a infecção está generalizada e ele está na UTI, entubado, desde domingo.
Nas próximas horas, vão tirar o tubo e realizar uma traqueostomia. Ninguém pode prever o que irá acontecer.

Agora, pense e reflita comigo...
A quem você vai dar o seu voto em outubro? 
Eu voto em Caruaru, mas resido em João Pessoa e, sinceramente, não existe nenhum candidato digno que me faça ter vontade de sair de minha residência, enfrentar 2 ônibus, 5 horas de viagem e gastar dinheiro com passagem. Não, nobre  leitor. Não existe nenhum candidato que seja digno de receber meu voto. Mas, quanto a você, que me lê e está em Pernambuco, pense bem em quem votar! Seja consciente! O que vemos nas cidades é uma poluição sonora e visual. Muitos querem vencer no barulho, na pressão psicológica. Não deixem, amigos! Pensem! Repensem e pensem novamente! O futuro está nas mãos de vocês.

Com amor e indignação,
Hellen Taynan

2 comentários:

Romeyka Aguiar disse...

Sim ! A saúde esta mesmo doente ..., em época de política / eleição sao tantas promessas que já foram feitas e refeitas e nada muda .....

Patricia de Amorim disse...

Gostei da parceria com o Jornal de Caruaru. Agora, o blog precisa ser atualizado com maior frequencia para fazer jus a parceria. Gostei mesmo.