quinta-feira, 17 de novembro de 2011

FELICIDADE? ATÉ ONDE?

Oi.
Até onde pode-se chamar de felicidade os frutos da gastroplastia?
Essa semana foi marcada por dois feitos que já foram considerados impossíveis pra mim: comprei um maiô tamanho "m" e entrei na casa dos 60 kg. Estou com 69,5kg. Isso me deixou muito feliz por um lado, mas se uma parte de mim está contente, outra está confusa e à beira de um arrependimento. Cabelos eu quase não os tenho mais; exageros à parte eu REALMENTE estou numa situação crítica em relação a cabelos. Perdi muitos fios e é bem verdade que tem alguns nascendo, mas não é nem de longe a quantidade que eu perdi e daqui que acompanhe o crescimento vai demorar alguns meses ou até anos, por mais que eu corte. Mas a falta de cabelos é café pequeno perto do que tenho passado. Devido a outros problemas, de ordem física e emocional, eu durmo demais. Demais entenda que há dias em que eu tenho mais de 17 horas de sono e por isso, me alimento muito mal. Nesse ponto, converge também a minha culpa, minha máxima culpa que poderia aproveitar o tempo em que estou "on" e me alimentar de coisas boas para minha saúde, mas não o faço. Ainda que fizesse, não seria suficiente. Pois então, estou com anemia e porque não dizer com carência de vários nutrientes, conforme a unanimidade dos médicos os quais tenho passado?!
Hoje ouvi coisas da nutricionista que me deixaram muito preocupada. Dumping, por exemplo, eu tenho constantemente. Tive um no Festival de Inverno em Garanhuns que desmaiei e senti a agonia da morte, eu sei que foi, porque nunca passei tão mal na minha vida só que eu nem comentei isso com ela, mesmo assim ela disse que eu tivesse muito cuidado com dumping porque pode levar a morte sim! Disse também que essa fraqueza que sinto e que reflete-se nas unhas e cabelos, é extensiva aos ossos e dentes e pode levar até a osteoporose precoce! Disse que acompanhou o caso de uma paciente que, com menos de 40 anos, em decorrência de complicações nutricionais pós gastroplastia, desenvolveu osteoporose, quebrou as duas pernas, teve que colocar platina, houve rejeição e ela hoje está numa cadeira de rodas!
Os relatos são dramáticos e eu estou com muito medo do meu futuro. 
Amanhã vou fazer inúmeros exames e a nutricionista aconselhou que eu ficasse sob os cuidados de minha mãe enquanto eu me recupero, parece que todo mundo que olha pra mim enxerga doença na palidez do meu rosto.
Estou bastante reticente quanto à cirurgia de obesidade. Não sei se faria novamente e muito menos se aconselho que ainda não fez.
Não gosto de maquiar, conto a realidade do que acontece comigo e infelizmente esta é minha situação. Se você pode ajudar ou contribuir com alguma informação, sinta-se à vontade.

11 comentários:

Anônimo disse...

Não querendo ser "dura", mas já sendo, acredito que vc está colhendo os frutos das suas próprias atitudes...Por que não basta só fazer a cirurgia... tem o PÓS cirurgia, onde se toma vitaminas, faz exercícios, tem uma alimentação adequada enfim um monte de procedimentos que talvez vc não fez direitinho...Agora é só correr atras do prejuízo e reverter essa situação! Boa Sorte! (LILIAM).

Minha vida, minha gastroplástia disse...

Helen, não estou aqui para te criticar, mas antecipadamente peço desculpas se vc não gostar das minhas palavras, mas amiga, passamos pelas mesmas coisas então acho legal comentar minha opinião, porém o blog é seu fica a seu critério mante-la ou não.
Primeiramente se eu ainda não tivesse operado, ficaria receosa depois de ler o seu post, mas como sou operado o que posso te dizer é que cada pessoa encara as situações da vida de uma maneira, te acho uma pessoa inteligente pelo que leio no seu blog, mas acho que vc errou um pouco quanto como viver depois de operada, a vida tem que mudar, você mudou, eu tbm me desesperei quando meus cabelos começaram a cair, mas ao mesmo tempo ria de felicidade ao ver o ponteiro da balança caindo tbm, eu tbm estou fraca, meu corpo não é mais igual, eu filho não pesa nem 20 kg e não tenho força para carrega-lo, porém tenho disposição para brincar com ele uma tarde toda, acho que vc deveria ver aonde está errando para que possa acertar, tudo nesta vida tem um preço, e cabe a cada um de nós pesar se vale a pena pagar ou não este preço, no meu caso os bens que ganho com a cirurgia são mais altos do que os que eu perco, mas vc tem os seus valores e às vezes pra vc não valeu a pena, eu tbm dormiria o dia todo se ficasse em casa, por isso amiga busque opções, busque animo, busque viver, pois ai vc ira ver como valeu a pena, força pra vc , até mais....

Ingrid Cibele disse...

amiga quero que isso que esta vivendo seja apenas uma fase, vc vai vencer tenho certeza disso, é uma mulher forte, sempre foi...beijos

disse...

Olá, Helen

Você me desculpa falar, mas o seu mal é a anemia que leva a fraqueza e à depressão.

Tudo isso é passageiro e você se cuidando direito e fazendo a risca o que os médicos mandarem, você se recupera sim.

Olha,eu tenho fibromialgia há anos, fora os outros problemas articulares e toda vez que as dores me atacam( graças a Deus, esses episódios diminuiram bem),fico super mega hiper deprê, achando que a vida não vale a pena etc.Mas quando as crises passam eu melhoro.

Eu comecei a tomar o Centrum 2 meses antes da gastro porque já sabia que a falta de vitaminas piora demais o estresse e estou tomando religiosamente todos os dias,também tomo poliaminoácido e faço simulador de caminhadas dia sim/dia não, mesmo que seja só 20 minutos com muita dor nos pés, já que só piso nas pontas dele.

A vida sempre me testa e eu enfrento os desafios, na boa.

Aprendi a fazer isso.Já fiz 33 cirurgias na minha vida e nem posso me dar ao luxo de me colocar no papel de vítima (e nem quero), com 2 filhos pequenos, marido, casa e grana apertada!

Pensa nisso, ok?

Aqui vai uma dica de um blog, que acabei de ler: http://ludiadia.blogspot.com/, sobre suco de inhame pra anemia.

Só uma curiosidade: Você prefere se olhar no espelho e ver uma pessoa gorda, com várias dificuldades, com cabelos lindos ou uma pessoa magra, com menos cabelo(que vai crescer e melhorar)?

Beijos,

Ninha disse...

Hellen querida, Desejo que vc se erga novamente. Leio seu blog sempre e sei do seu histórico de depressão. Lute contra ela querida! A gastroplastia precisa de laudos psicológicos e psiquiatricos. Será que vc estava mesmo em condições emocionais de operar? Agora não vem mais ao caso esse debate né mesmo?

AGORA É PENSAR EM COMO SAIR DESSA SITUAÇÃO.

Antes a obesidade era a vilã. Agora vc precisa lutar contra outras vilãns - dormir 17hs? não ter alimentação balanceada? não praticar atv física?

TUDO sempre depende de nós mesmos! Agora é a hora de vc levantar da cama e colocar no papel sua rotina para vencer o que te aflige. Uma vez com diabetes, sempre com diabetes, é uma doença infernal. uma vez com OSTEOPOROSE sempre terá essa porcaria.

Quero te mostrar que há LUZ no fim do túnel, mas depende de vc querer ver a luz.

ABRA O OLHO e acorde para sua saúde! Não foi a cirurgia que te deixou assim, foi você. Pois se não tivesse operado, seriam outras doenças que estaria travando batalha agora.

quero o seu melhor viu lindona.

FORÇA!

Ninha disse...

só mais uma coisa: OPERAR foi a melhor coisa que fiz na vida. perdi 35kgs, me alimento como uma pessoa normal, faço musculação com personal trainer, faço as unhas, sobrancelhas, dou luzes no cabelo e me embelezo para a vida, pois me amo muito.

Mude o prumo da conversa amiga. Veja o lado bom e se cuide mais!

Cíntia - "A felicidade é o caminho" disse...

OLá...Então Helen pelo que percebo o seu sono constante é decorrencia de uma má alimentação que causou uma anemia...sono não aparece do nada, e o sucesso da cirurgia depende só de vc, eu mesma tomo minhas vitaminas do jeitinho certo e tento ao máximo comer o que sempre me foi recomendado desde o pré operatório...não tenho deficiencia de vitaminas e meus exames estão sempre ótimos, não tive queda de cálcio e nem de nenhuma outra vitamina, nem do ferro e b12 que são as quedas mais significativas do pós operatório...Meus cabelos cairam sim, muito, mas já estão crescendo de novo e isso tb não me abalou perto dos beneficios que estou tendo com a perda de peso, colesterol, triglicerides, tudo ótimo!

Creio que se vc se reeducar e começar a fazer suas alimentações do modo correto as coisas vão começar a melhorar...não sei se a sua nutricionista te explicou isso mas todos esses problemas de quebrar as pernas por causa do cálcio e coisas afins, podem acontecer com qualquer reliz mortal que não se alimente bem e não só com gastroplastizados!!!

Um beijo e melhoras ai!

Mia disse...

Olá...
Bom, fácil falar quando não se passa pelo que estas a passar!Não somos todos iguais e cada individuo reage à sua maneira. Não se arrependa NUNCA do que fez, porque foi a única forma de perder os kilos que a iam matando. Agora tem que se cuidar obviamente. Antes de mais, acho que a alimentação tem que ser reformulada, muitos alimentos vermelhos para a anemia e as vitaminas. Depois deve estar a fazer uma depressão...e é aqui que axo, ke nao devemos julgá-la..só quem passou é que sabe, cuide-se ok??? Gostava de a ter no meu blog. Kiss

Cíntia - "A felicidade é o caminho" disse...

Oi Helen, espero que não me interprete mal viu? não quis dizer que pra mim saiu tudo perfeito (desculpe se foi isso q passei em minhas palavras) e nem quis te julgar, de forma alguma...

O que disse foi que se vc se alimentar melhor esses problemas de sono tb vão melhorar e a probabilidade de ter outros problemas tb será menor...
Não sei se vc está com outros problemas, disse baseado no que li no blog...Claro que cada um reage de uma forma e as pessoas têm dificuldades e necessidades diferentes...

Espero que fique bem logo!
bjs

Giséle disse...

Querida vc sumiu porque?
tenho um aboa noticia chegui no q eu queria 62.0 kl 40 off... estou te falando por aqui pois meu orkut deu pau ñ consigo mandar recados...
fica com DEUS...
bjos..

Ingrid Cibele disse...

Passando pra desejar um ótimo fim de ano e dizer que tenha muita paz, harmonia e união na familia....beijos