domingo, 23 de janeiro de 2011

MAS É PRECISO TER FORÇA, É PRECISO TER RAÇA...

... é preciso ter sonho sempre!

O meu dia se aproxima! A cirurgia foi marcada para o dia 07 de fevereiro. Até lá, como todas as minhas unhas e ouço todo tipo de comentário incentivador e também desmotivador. Para muitas pessoas, desinformadas, a cirurgia funciona como a forma mais fácil de resolver o problema. Fácil?!?!?! Fácil é o caramba!!! A pessoa vai se submeter a dua anestesias, ficar na UTI, passar 1 mês inteiro sem comer nada, abdicar de uma vida normal, modificar total e radicalmente seus hábitos pro resto da vida e ainda há quem apareça com gracinhas e piadas incovenientes.
Quando se decide fazer a cirurgia, não é por birra do paciente. É, antes de mais nada, por uma necessidade! No meu caso, foi por indicação médica, inclusive. Antes disso, eu já havia tentado dietas mas não obtive êxito. Admito que falta disciplina, pois sou compulsiva por comida e infelizmente, náo me controlo. No entanto,diminui bastante a quantidade de calorias ingeridas, tudo que consegui perder em um mês de dieta foram 400g! Só quem sabe o que é isso é quem passou! E eu garanto que não fui a única a passar por essa situação, para comprovar é só ver o número de pessoas que estão recorrendo a essa cirurgia.

Por que eu fiquei obesa?
Até meus 18 anos eu tinha o corpo legal, aí aconteceu um fato que pra muitas pessoas poderia soar como algo normal, corriqueiro, mas que na minha vida tomou grandes proporções e fez com que eu entrasse em depressão e engordasse de lá pra cá, algo em torno de 45kg. Agora, eu tenho o direito de voltar a ser quem eu era e já que a medicina oferece essa oportunidade, não pretendo desperdiçá-la.

Sei que muitas pessoas criticam, mas ninguém sabe o que se passa na cabeça de alguém que sofre os males de estar acima do peso. Fora as taxas de sangue alteradas, tem os problemas estruturais como dores na coluna e nos pés (que muitas vezes me deixam sem andar). Aí sempre vem um engraçadinho e diz: você precisa é de uma boa caminhada! Dá vontade de voar no pescoço ou então desejar que sua dor seja transferida para ele só por alguns minutos só pra ver o quanto ele consegue “caminhar”.

No mais é isso, assumo minha necessidade cirúrgica, pois assumo que após o que me ocorreu quando eu tinha 18 anos, me tornei compulsiva por comida e hoje, não tenho controle sobre a ingestão de alimentos e tudo funciona como uma droga pra mim. Preciso me controlar, preciso me conter e sozinha, não sou capaz!

Peço que orem por mim e torçam para que essa cirurgia dê certo, tenho muitos planos pós-cirúrgicos!

5 comentários:

Missionária Bella Dourado disse...

Querida Hellen conte com minhas orações com meu apoio e com meu carinho.

Não interessa o porque vc quer fazer a cirurgia; mesmo se for para concorrer a uma vaga no BBB12 é problema seu, é uma necessidade sua.

Sabe o meu estado o Rio Grande do Sul, esta entrando no triste ranking da obesidade, as pessoas estão ficando muito acima do peso, percebe-se nos lugares públicos.

Aqui também conheço bastante gente que fez , aqui perto de mim conheço 3 mulheres e todas estão ótimas.

Sabe os primeiros dias dos potinhos até aumentar, vai depender do seu acompanhamento psicologico, já que vc é doente sofre de compulsão,mão tire o peso das costas da cabeça e imagine que vai dar tudo bem que o Senhor esta contigo querida.

E quanto as pessoas que te criticam "Pimenta nos olhos dos outros é colirio".

Fique grudadinha com Deus , eu tenho um testemunho meu de uma anestesia que escolhi como queria acordar, os nossos pensamentos quando voltamos tendem a ser os mesmos que tivemos antes de adormecer, então eu escolhi me preparei entrei para a sala de cirurgia com a voz do Scj. Fábio de Melo cantando em penamento "Tudo é do pai...", quando acordei na sala de recuperação o que estava no pensamento ganhou vida e som ,imagina fiquei balbuciando o tempo inteiro a canção por mais um dia a fio, e a recuperação foi excelente.

É só uma dica, os pensamentos que tiverem te acompanhando antes influenciam bastante, a minha alternativa foi escolher uma música legal que me alegra e funcionou estou aqui, na labuta.

Bjs na alma e Coragem Linda!

JOELSON GOMES disse...

É claro q vai dar certo, vc vai ver. E além de dar certo vc vai ser outra, e vai viver como quer.

Deus te abençoe sempre.

Lola Meireles disse...

Querida Helen,
A cerca de 6 meses ví uma foto que me chocou profundamente: minha imagem com 96kg! Eu me senti horrível, já vinha percebendo minhas roupas apertadas e minha dificuldade de comprar novas roupas maiores (manequim 48-50!!!). Claro, á 6 meses atrás era São João, teve muita festa, fim de periodo, bebi muito... Então esperei, e no mês de Julho quando me pesei: Eu continuava com 96kg. Algo Precisava ser feito. Pois fazia 1 mês que eu tinha tanta vergonha da minha condição que não tinha coragem de olhar meu noivo.

Lola Meireles disse...

Minha historinha é bem parecida com a sua. Comia muito, compulsão por docinhos, almoçando fora todos os dias,a correria nos estágios não dava tempo de me exercitar (sou estudante de fisio), tudo justificava meu excesso de peso. Mas voltando a historinha, passei uma semana morrendo de fome e caí 3 kg. Mas eu estava MORRENDO DE FOME! Procurei na internet uma dieta em que eu pudesse COMER. Emagrecer comendo, pq eu não ia conseguir sobreviver de salada verde e frango grelhado. Aí conheci o serviço de saúde mais procurado nos EUA e um dos programas de emagrecimento mais recomendados pelos médicos:Os vigilantes do peso. Peso agora 81kg e meu manequim é 44, ainda faltam 10 miseráveis quilos, mas pretendo resolve-los nesses próximos 6 meses. Querida no começo não foi fácil, POSSO COMER TUDO mas tenho que escolher os de menor pontuação para poder comer mais vezes por dia, e mandar uma gordinha escolher é foda. Por exemplo: Um almoço com feijão, arroz, carne, salada verde, vejetais cozidos e um brigadeiro de sobremesa tem 11 pontinhos. Um big Tasty tem 16 pontinhos, posso comer o big tasty no almoço se não lanchar nada a tarde, e comer beeemmmmmmm poquinho no jantar, vale a pena? no começo valia, e eu comia o big tasty e passava fome a noite: E perdia peso: 0,5kg por semana! Mas não queria passar fome, e isso me obrigou a refazer minhas escolhas. Hj se tornou mais prático pq já me acostumei e como muito bem e tudo. Continuo tendo vida social, saio, bebo, como pizza, mas tudo com moderação e preparação, pensando antes. As vezes me solto na buraqueira, mas meu metabolismo mudou por isso não engordo como engordava antes.
Você marcou sua cirurgia, isso vai mudar muito sua vida. Como profissional de saúde te alerto, que você leia bem as consequÊncias e efeitos colaterais. Será que uma pessoa compulsiva, quando privada do alimento consegue segurar a onda? E será que se a causa do problema não for sanada, será que ele não volta. Pense bem, e faça sua cirurgia : Ciente do que vai acontecer (sindrome da má absorção eterna, dilatação do estômago se não for feita a reeducação, possibilidade de fístulas estomacais....) Veja tudo isso Helen. Faça a cirurgia mas procure AJUDA para emagrecer a CABEÇA. Digo isso porque minha cabeça era obesa mórbida e hj só é gordinha :D. Estou torcendo pela sua recuperação e se quiser mais informações sobre esse programa que mudou minha vida, por favor entre em contato. Estou a Disposição.
Abraço
Louisiana

Alessandra Bastos disse...

Oi.
Estou entrando no seu blog pela primeira vez. Vi este posto e me identifiquei. tomei antidepressivos por 5 anos. Engordei com eles 14 quilos. Hoje suo muito para emagrecer. Apesar de tomar mais medicamentos, um efeito que não foi embora foi a compulsão. E a minha relação com comida se tornou uma tortura. EStou sem remédios há 4 meses e espero chegar aos 6 para ver a complusão vai diminuindo conforme passe a crise de abstinência. É, meu anjo, vai aparecendo cada uma em nosso caminho... É isso aí, faça sua cirurgia. Estarei torcendo.