quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

VATICANO ORDENOU QUE ABUSOS SEJAM OMITIDOS


Um representante do Vaticano pediu à Igreja Católica da Irlanda que não informasse as autoridades civis do país sobre sacerdotes supostamente envolvidos em abusos sexuais contra menores, revela uma carta enviada a partir de Roma em 1997 publicada nesta quarta-feira, 19, pela emissora local "RTE".

Dirigida aos bispos irlandeses, a carta critica uma iniciativa que pretendia "informar por obrigação" qualquer denúncia de abuso, política que gerou "sérias reservas" entre as autoridades vaticanas.
A carta, assinada pelo falecido arcebispo Luciano Sotero, que representava diplomaticamente na Irlanda o papa João Paulo II, poderia servir como prova nos julgamentos que os grupos de vítimas têm abertos neste país e nos EUA, assinala a RTE.
"A situação de informar por obrigação provoca sérias reservas de natureza tanto moral quanto canônica (...) Os resultados podem ser altamente embaraçosos e prejudiciais para as mesmas autoridades diocesanas", escreveu Sotero.
O arcebispo advertiu, à época, que os bispos que aplicassem castigos à margem da lei canônica poderiam ver suas decisões revogadas, se estas acabassem sendo examinadas em Roma.
Segundo a RTE, o Vaticano se defendeu lembrando que essa era a visão de um departamento em particular, a Congregação para o Clero, cuja tarefa de cuidar dos casos de abusos sexuais foi assumida em 2001 pela Congregação para a Doutrina da Fé, liderada pelo cardeal Joseph Ratzinger, hoje o papa Bento XVI.
Os analistas opinam que a carta não terá nos tribunais o impacto desejado pelas vítimas já que o conteúdo não é uma ordem, tampouco partiu da direção oficial, apenas representa a opinião de uma determinada autoridade.
-> Ok, o arcebispo até então no cargo representa quem ? Ele mesmo ? Ou a Instituição religiosa onde ele trabalha e que dela vive ? Duvido que um arcebispo não tenha sido instruído por membros hierárquicos mais altos a escrever a carta. A Igreja deveria começar a se responsabilizar por atos como esses e deixar a hipocrisia de lado.
Essa instituição que vive ainda no século 1, não tem o menor respeito pelas pessoas, pelos próprios seguidores, visto que até hoje a mulher tem um papel secundário na instituição, seus cardeais e bispos vivem na opulência bancados pelo banco do Vaticano, um dos mais poderosos bancos do mundo.
Todo cerimonial da Igreja é medieval, dizer que esses homens são os intermediários de Deus é uma piada suja e sem graça.


Até quando esse tipo de instituição irá existir ? Até quando as pessoas serão doutrinadas pela mentira e por hipocrisias ?

Fonte: Estado de Sp
Comentário: Marcello Lopes
Do Blog http://leiovejoopino.blogspot.com/

Um comentário:

Missionária Bella Dourado disse...

Concordo com tudo que vc escreveu; porém malhar só o vaticano não vale.

Dentro das denominações evangélicas reina o adultério, que muitas vezes começa lá de cima do púlpito, reina a hipocrisia - familias pastorais que o homem adultera são simplesmente transferidas para novas congregações e as mulheres - Há as mulheres tem que perdoar, afinal foi um deslize de homem, e se for o homem o ofendido então joga esta endemoniada na boca do povo e vamos ao apedrejamento.

Mas para nada disto acontecer na maioria dos casos vamos esconder e pregar a verdade e viver o contrário, apontar o dedo para as feridas alheias e "colocar muitos panos para cobrir os rombos"

O que quero dizer com tudo isto , é que o mundo esta doente, não existe uma religião melhor ou pior, mais correta ou incorreta em termos morais.
Como me disse uma colega " Que adianta usar a saia lá no pé e levantar por qualquer motivo?"

Desde os tempos romanos convivemos com os abusos e de certa forma não nos surpreendemos, pois querendo ou não esta inerente a cultura.
Mas quando se trata da opção do novo,daquilo que parece ser diferente, é dificil de engolir e daí só resta 3 possíbilidades:
1 - A pessoa volta a seu estagio natural Carnal, fora da igreja.
2- O Crente vai morrendo e se amargurando a cada dia mais.
3 - Esquece da igreja , denominação, religião e contínua com Jesus.

Bjos no coração querida, concordo com vc estes abusos tem que parar não podem continuar seja aonde for.