sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

E O MAL VENCEU NA GLOBO, MAIS UMA VEZ!


Quem estava ansioso como eu para o último capítulo da novela "Passione" da Globo, pode ter ficado um pouco decepcionado com o desfecho da trama. Como se não bastasse a morte da mocinha Diana (Carolina Dieckman) faltando ainda algumas semanas para a novela terminar, o autor ao que parece, não se preocupou muito em mostrar a vitória do bem sobre o mal.
Personagens pagaram por erros que não cometeram: enquanto uns pagam na justiça, como o "Fred", outros pagam com a própria vida como foi o caso da garçonete "Ednéia" que além de tudo ficou como ladra na história e não teve tempo de se defender pois teve o corpo carbonizado num acidente causado por Clara (Mariana Ximenez), a vilã-mor, que se deu muito bem, obrigada, luxando nas Ilhas do Pacífico no seu papel inicial de enfermeira, enquanto todos a davam por morta.
Já o Fred (Reynaldo Gianecchini) está pagando pelo assassinato de Saulo (Werner Schünemann) inocentemente. E como a arma do crime foi parar na sua casa, bom, isso não foi explicado.
Mais uma vez, a Globo mostra que o bem não tá com essa bola toda e como a vídeo imita a vida, é possível aprontar todas e no fim sair de cara limpa. Tirando os bons exemplos de recuperação e superação de drogados e de abusados sexualmente, a novela nem sempre é boa fonte de entretenimento quando se pensa na perspectiva que se está trazendo para dentro de sua casa a mensagem de que o mal pode se dar bem no final.

Um comentário:

Romeyka Aguiar disse...

Pois e ... Não gostei do fim da clara ... Concordo com seu texto ...