domingo, 25 de abril de 2010

DEVERAS TRISTE...

Gente, hoje eu fui fazer uma prova de um concurso aqui na minha cidade e aconteceram várias coisas que me deixaram bastante triste. Ao chegar pra fazer a prova, a fiscal olhou pra mim e disse que eu não caberia na carteira e que iria providenciar outra, mas eu coube e não foi preciso passar por este constrangimento. Não fiz uma prova muito boa, primeiro porque o nível da prova em si, estava alto e segundo porque tive que me espremer naquela cadeirinha que mais parecia ter sido feita para crianças da pré-escola. Depois que terminei a prova, voltei pra casa; peguei um ônibus, mais outro ônibus e quando desci deste, fui atravessar a rua e levei um tombo no meio da rua. No meio da travessia de uma avenida movimentadíssima de carros, ônibus e caminhões. Um senhor largou sua feira e veio me ajudar. Ouvi algumas risadas e imediatamente me sobreveio um sentimento de vergonha intensa. Uma voz me dizia: caiu como uma porca gorda cai na lama! E o saldo disso tudo, além das dores no corpo, foram incessantes lágrimas por um período longo.

A noite fui à igreja, mas saí de casa sem jantar então no meio do culto me bateu uma fome incontrolável. Quando o culto acabou sugeri ir comer pizza, meu marido resistiu mas depois cedeu e fomos comer. Eu tenho mais um problema quando estou com fome, é que eu não consigo comer algo e esperar a fome passar, eu penso na minha situação de faminta e saio comprando várias comidas para deixar em "estoque" pois sou capaz de jurar que comerei tudo e ainda não estarei saciada; pois bem, comprei a pizza e uma torta de chocolate com maracujá. Quando meu esposo viu, reclamou comigo porque eu ia comer muito, essas coisas sempre me deixam triste mas na minha cabeça só vem "eu estou com fome, o que posso fazer?" então comecei a comer e não agüentei nem a pizza! Só de lembrar que eu ainda tinha uma torta, me dava embrulhos porque fiquei muito cheia mesmo. Mas, como toda compulsiva que se preze, saí comendo devagar e acabei deixando só um pedaço de pizza e um pedaço pequeno da torta.

Nestes dias estou muito sensível. Choro por qualquer motivo pois estou na TPM. Acho que meu marido não entende isso e acha que é besteira minha, mas é sério tô num estado de deprê severo. Preciso ser compreendida. Eu quero um psicólogo!!!!!!!!!

4 comentários:

Mya Schroeder disse...

Calma...calma...
Se é TPM, não precisa de psicólogo, e até a 'comilança' é justificável!

Fique tranquila, como tudo na vida, a TPM, tbm vai passar.

Bjs

Mya

Anônimo disse...

Oi minha filha linda, eu te amo. queria que voçe tivesse assitido a "super Nany" do último sábado... tinha um casal que lembrava e muito voçes dois, incrível a semelhança, ela triste e depressiva por ser gorda e ele magérrimo! esquelético! ela teve um apoio psicológico baseado no amor e nas experiencias e testemunhos de mulheres também gordas, que estavam de bem com a vida... pois bem, ela acabou fazendo um ensaio fotográfico que foi presenteado ao seu marido, encarou, claro, uma dieta e exercícios, mas isso depois de se descobrir como uma mulher linda - com uns quilos a mais - por enquanto... filha querida busque em Deus forças para mudar seu pensar, quando Deus fizer um sinal, agarre essa chance com força, creia no poder restaurador de Deus, não pense no que os outros dizem, afinal os outros sãos ou outros e só ! que Deus te abençoe filha amada.
Painho.

Anônimo disse...

Te AMOOOOOOOOOOOOOOO FILHA INDEPENDENTE DE QUALQUER COISA,AMANHÃ ESTAREMOS JUNTINHAS.
BEIJOSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS
MAINHA

claudia disse...

Não fique triste, amiga. Sei bem o que vc passou, já tive várias situações iguais ou parecidas com essa. Chorei, esbravejei mas no fim o mal só atingiu a mim. Hoje penso que as pessoas que me magoaram não significaram nada para mim, passaram. Ou como diria Mário Quintana: "Todos estes que aí estão atravancando meu caminho, eles passarão, eu passarinho...". A minha cirurgia foi aberta, com anel, e estou super feliz com o resultado. Já eliminei (eu nãoperco, elimino!) 36 quilos e algumas graminhas e não passo mal com nada. Exceto quando não mastigo direito ou como depressa. Pode perguntar o que quiser, ficarei muito feliz se puder te ajudar em alguma coisa. Beijinhos