domingo, 28 de março de 2010

CRÔNICA DE LUIZ FERNANDO VERÍSSIMO SOBRE O BBB

"A Vergonha” - crônica de Luiz Fernando Verissimo sobre o BBB'

Que me perdoem os ávidos telespectadores do Big Brother Brasil (BBB), produzido e organizado pela nossa distinta Rede Globo, mas conseguimos chegar ao fundo do poço. A décima (está indo longe) edição do BBB é uma síntese do que há de pior na TV brasileira. Chega a ser difícil encontrar as palavras adequadas para qualificar tamanho atentado à nossa modesta inteligência.

Dizem que Roma, um dos maiores impérios que o mundo conheceu, teve seu fim marcado pela depravação dos valores morais do seu povo, principalmente pela banalização do sexo. O BBB 10 é a pura e suprema banalização do sexo. Impossível assistir ver este programa ao lado dos filhos. Gays, lésbicas, heteros... todos na mesma casa, a casa dos “heróis”, como são chamados por Pedro Bial. Não tenho nada contra gays, acho que cada um faz da vida o que quer, mas sou contra safadeza ao vivo na TV, seja entre homossexuais ou heterosexuais. O BBB 10 é a
realidade em busca do IBOPE.

Veja como Pedro Bial tratou os participantes do BBB 10. Ele prometeu um “zoológico humano divertido” . Não sei se será divertido, mas parece bem variado na sua mistura de clichês e figuras típicas.

Se entendi corretamente as apresentações, são 15 os “animais” do “zoológico”: o judeu tarado, o gay afeminado, a dentista gostosa, o negro com suingue, a nerd tímida, a gostosa com bundão, a “não sou piranha mas não sou santa”, o modelo Mr. Maringá, a lésbica convicta, a DJ intelectual, o carioca marrento, o maquiador drag-queen e a PM que gosta de apanhar (essa é para acabar!!!).

Pergunto-me, por exemplo, como um jornalista, documentarista e escritor como Pedro Bial que, faça-se justiça, cobriu a Queda do Muro de Berlim, se submete a ser apresentador de um programa desse nível.
Em um e-mail que recebi há pouco tempo, Bial escreve maravilhosamente bem sobre a perda do humorista Bussunda referindo-se à pena de se morrer tão cedo. Eu gostaria de perguntar se ele não pensa que esse programa é a morte da cultura, de valores e princípios, da moral, da
ética e da dignidade.

Outro dia, durante o intervalo de uma programação da Globo, um outro repórter acéfalo do BBB disse que, para ganhar o prêmio de um milhão e meio de reais, um Big Brother tem um caminho árduo pela frente, chamando-os de heróis. Caminho árduo? Heróis? São esses nossos
exemplos de heróis?

Caminho árduo para mim é aquele percorrido por milhões de brasileiros, profissionais da saúde, professores da rede pública (aliás, todos os professores), carteiros, lixeiros e tantos outros trabalhadores incansáveis que, diariamente, passam horas exercendo suas funções com
dedicação, competência e amor e quase sempre são mal remunerados..

Heróis são milhares de brasileiros que sequer tem um prato de comida por dia e um colchão decente para dormir, e conseguem sobreviver a isso todo santo dia.

Heróis são crianças e adultos que lutam contra doenças complicadíssimas porque não tiveram chance de ter uma vida mais saudável e digna.

Heróis são inúmeras pessoas, entidades sociais e beneficentes, ONGs, voluntários, igrejas e hospitais que se dedicam ao cuidado de carentes, doentes e necessitados (vamos lembrar de nossa eterna heroína Zilda Arns).

Heróis são aqueles que, apesar de ganharem um salário mínimo, pagam suas contas, restando apenas dezesseis reais para alimentação, como mostrado em outra reportagem apresentada meses atrás pela própria Rede Globo.

O Big Brother Brasil não é um programa cultural, nem educativo, não acrescenta informações e conhecimentos intelectuais aos telespectadores, nem aos participantes, e não há qualquer outro
estímulo como, por exemplo, o incentivo ao esporte, à música, à criatividade ou ao ensino de conceitos como valor, ética, trabalho e moral. São apenas pessoas que se prestam a comer, beber, tomar sol, fofocar, dormir e agir estupidamente para que, ao final do programa, o “escolhido” receba um milhão e meio de reais. E ai vem algum psicólogo de vanguarda e me diz que o BBB ajuda a "entender o comportamento humano". Ah, tenha dó!!!

Veja o que está por de tra$$$$$$$$$$$$$$$$ do BBB: José Neumani da Rádio Jovem Pan, fez um cálculo de que se vinte e nove milhões de pessoas ligarem a cada paredão, com o custo da ligação a trinta centavos, a Rede Globo e a Telefônica arrecadam oito milhões e setecentos mil reais. Eu vou repetir: oito milhões e setecentos mil reais a cada paredão.

Já imaginaram quanto poderia ser feito com essa quantia se fosse dedicada a programas de inclusão social, moradia, alimentação, ensino e saúde de muitos brasileiros?

(Poderia ser feito mais de 520 casas populares; ou comprar mais de 5.000 computadores )

Essas palavras não são de revolta ou protesto, mas de vergonha e indignação, por ver tamanha aberração ter milhões de telespectadores.

Em vez de assistir ao BBB, que tal ler um livro, um poema de Mário Quintana ou de Neruda ou qualquer outra coisa..., ir ao cinema..., estudar... , ouvir boa música..., cuidar das flores e jardins... telefonar para um amigo... , visitar os avós... , pescar..., brincar com as crianças... , namorar... ou simplesmente dormir. Assistir ao BBB é ajudar a Globo a ganhar rios de dinheiro e destruir o que ainda resta dos valores sobre os quais foi construído nossa sociedade.

72 comentários:

Aliada_Lee disse...

infelizmente tudo que ta escrito ae é a pura verdade,mais os brasileiros realmente querem issu,se fosse pra arregadarem a grana com telefonemas,poucos ligariam,gostam mesmo de baixaria

Mya Schroeder disse...

Estou pasma....principalmente pelos 8 bilhoes e algumas coisa, a cada paredão...É uma vegonha mesmo!


Bjs

Mya

Jeanne disse...

"Páscoa é dizer sim ao amor e a vida; é investir na fraternidade, é lutar por um mundo melhor, é vivenciar a solidariedade."
( Stela Maris Blandino )
Feliz Páscoa!

Eder Barbosa de Melo disse...

Não sabia da quantia exata, mas sei que é por isso que o programa dura quase dez anos. Particularmente até assisto o programa, como entretenimento, tudo bem, entretenimento de má qualidade, mas não espero mais que isso. Não substituo por nenhuma atividade citada e nem por outras, mas quando assisto é com o mero intuito de me distrair. Também não tô defendendo o BBB, sei que a rede Globo pode e deve investir em programas mais culturais - seria ótimo, mas quem mexe em time que tá ganhando - e muito: 8 bilhões por semana, fora o merchan. Abraços!

Eder Barbosa de Melo disse...

Deixei alguns comentários em algumas postagens. Gostei do seu Blog e estou seguindo. visite-me no http://recortecotidiano.blogspot.com/ será um prazer. Abraço!

sergio disse...

Sempre fui do mesmo pensamento do Luiz Verissimo, pois nada nos traz este tipo de reality, lamentavelmente pessoas com o QI inferior assistem e alguns ate torcem por "X ou Y" para ganhar. O que aprendemos com este programa? baboseiras e fofocas, nada nos evolue ao assitir e o pior, enriquecendo a Tv Globo e operadoras......coisas de Brasileiro com sua mentalidade pequena e pobre. Parabéns pela crônica do Luiz Verissimo.

sergio disse...

Vale-se ressaltar o mesmo esquema do BBB é a criação da Globo e o Ilustrissimo Renato Aragão com: Criança Esperança. Que pena!!!

Eder Barbosa de Melo disse...

Calma aí Sergio, não vamos jugar ninguém. Eu, por exemplo, não aprendo nada com o Chaves, nem por isso desprezo seu aspecto lúdico, eu vejo pra sorrir mesmo, por que gosto e não sou uma máquina numa busca voraz por aprendizado contínuo - se não vou pirar. Tudo bem que tal programa não tenha um lado lúdico, ou positivo; mas generalizar, classificar todo mundo como "QI inferior" é de um mau gosto, soa até soberbo. O cúmulo da revolta é morar sozinho e ainda fugir de casa, vamos com calma, sem ofender quem não merece. Afinal gosto não se discute... se lamenta. Não me leve a mal.

sergio disse...

Olá Eder, sábias palavras no sentido Lúdico, mas quando referi-me a "QI" inferior, refiro-me aos que vivem ou ñ podem passar sem tv, que em tudo crê, tipo novelas, o q elas nos acrescenta? quantos ñ saem de casa ou deixam de resolver algo por simplesmente assistir ao último capítulo? mesmo nós sabendo que aquilo ñ passa de ficção, como a própria emissora expõe. Quanto ao chaves, vejo pelo lado ingênuo e humoristico, coisa que rarmente vemos na tv, chegando ate nos fazer desopilar ou termos uma terapia com suas brincadeiras, é mesmo uma higiene mental. Perguntaria ao amigo: o telespctador que assisti o BBB poderia ve-lo com sua família? filhos menores/ bem, penso que ñ, pois assim eles estariam aprendendo algo nada produtivo ou deixando os pais em maus lençois com seus "PORQUÊS"
Concordo plenamente com vc quando diz que gosto ñ se discute, apenas expus minha opinião, já que se tinha o espaço apropriado para isso.

sem mais,

sérgio

Eder Barbosa de Melo disse...

Que bom que conversando a gente se entende, também penso dessa forma, o que não podemos é generalizar. Ter uma definição final e ensimesmada das coisas pode ser ingenuidade. A resposta a sua pergunta é: absolutamente NÂO! E, na verdade, não estou defendendo o programa, particularmente, nem tinha tempo de vê-lo, pois estudo a noite, quando mui esporadicamente assistia era por falta de opção e grande vontade de não fazer nada mesmo. Santa blogosfera cristã que nos permite divergir harmoniosamente.

sergio disse...

Discordo do amigo sobre minha opinião esta voltada pra mim, tanto que a expus. Vejamos a crônica do Luiz Verissimo. ( pensamento idêntico) Vejo que chegamos a um denominador comum sobre a pergunta feita e gostei da sua resposta, simples e objetiva. Por falta de opção e de certa forma ter que submeter-se a assitir o programa, penso que poderiamos culturalmente falando e sem ofende-lo, ler um bom livro ou ver um filme que nós prenda. ( dê preferencia caso real) O que ñ faço é compactuar com certas utopias, tendo minha opinião formada.



abraços!!

Eder Barbosa de Melo disse...

valeu Sérgio! E obrigado por me adicionar no MSN, assim que possível a gente troca uma idéia. Abraço!

http://recortecotidiano.blogspot.com/

Anônimo disse...

na zero hora de hoje, 05 de abril de 2010
Luiz Fernando Veríssimo

Outro você
Me dizem que rola um texto na Internet com minha assinatura baixando o pau no “Big Brother Brasil”. Não fui eu que escrevi. Não poderia escrever nada sobre o “Big Brother Brasil”, a favor ou contra, porque sou um dos três ou quatro brasileiros que nunca o acompanharam. O pouco que vi do programa, de passagem, zapeando entre canais, só me deixou perplexo: o que, afinal, atraia tanto as pessoas – além do voyeurismo natural da espécie – numa jaula de gente em exibição? Falha minha, sem dúvida. Se prestasse mais atenção talvez descobrisse o valor sociológico que, como já ouvi dizerem, redime o programa e explica seu fascínio. Pode ser. Os “Big Brothers” e similares fazem sucesso no mundo todo. Provavelmente eu e os outros três ou quatro resistentes apenas não pegamos o espírito da coisa.

Também me dizem que, além de textos meus que nunca escrevi (como textos igualmente apócrifos do Jabor, da Martha Medeiros e até do Jorge Luís Borges) agora também frequento a Internet com um “tweeter”. Aviso: não tenho tuíter, não recebo tuíter, não sei o que é tuíter. E desautorizo qualquer frase de tuíter atribuída a mim a não ser que ela seja absolutamente genial. Brincadeira, mas já fui obrigado a aceitar a autoria de mais de um texto apócrifo (e agradecer o elogio) para não causar desgosto, ou até revolta. Como a daquela senhora que reagiu com indignação quando eu inventei de dizer que um texto que ela lera não era meu:

– É sim.

–Não, eu acho que...

– É sim senhor!

Concordei que era, para não apanhar. O curioso, e o assustador, é que, em textos de outros com sua assinatura e em tuiters falsos, você passa a ter uma vida paralela dentro das fronteiras infinitas da Internet. É outro você, um fantasma eletrônico com opiniões próprias, muitas vezes antagônicas, sobre o qual você não tem nenhum controle,

– Olha, adorei o que você escreveu sobre o Big Brother. É isso aí!

– Não fui eu que...

– Foi sim!

sergio disse...

Vejo que temos um pensamento paralelo e compactuamos com o mesmo pensamento sobre esta "coisa" chamada bbb, ou seja "desprezo." Como diz o amigo ao zapear os canais, poderiamos ver algo instrutivo, ex: Discovery, History e outros que venha nos alimentar de sabedoria,( afinal usamos tão pouco nossa massa encefalica) algo que após, possamos comentar e ñ falar sobre a "festinha" que rolou ou deixou de rolar ( sem fundo produtivo) no bbb. O triste é que querem manipular e manipulam o telespctador fazendo o IBOPE subir. Mas relevamos, afinal, eles sobrevivem disso e nós como diz o sãbio Zé Ramalho.....Vida de gado....povo marcado....povo feliz!!!

abraços!!
obs: poderia obter seu msn?

Ednei disse...

rsrsrs...tao esperto esses comentários e esse post...tse tse tse...
dá pra dar risada...

primeiro seus famintos por cultura, aprendam a ler, o texto fala 8 mi, e não 8 bi...

outra coisa...

o bbb é um lixo, sim! Um programa se nenhum comprometimento com a cultura e com nenhum intuito, além de tornar uma pessoa que nunca vimos em um milionário. Não agrega nada a ninguém, e o seu único motivo de existência é o ibope. Mostra cenas para nos distrir? Sim. Esse é o objetivo da televisão, não? Ou vocês assistem todos os programas da globo com o propósito de adquirir mais conhecimentos, sendo eles somente úteis? Acho que não.

Criticar é fácil, muito mais difícil é refletir.

Abraçoo

Vania San disse...

Oi amiga,

estou voltando pra valer: vou tentar denovo seguir o livro "Pense Magro" para ver se "engato" no processo de emagrecimento de uma vez por todas!

conto com seu apoio!

beijos

Hellen Taynan disse...

Nossa, esse texto rendeu, hein?! Muito boa a discussão travada entre o Sérgio e o Eder! E, quanto ao anônimo, o que dizer? O texto pode até não ser dele, ter sido atribuído a ele erroneamente, mas a forma como estão colocadas as palavras, a maneira de escrever, bem como a linguagem utilizada, denunciam que é dele sim.

Sérgio Aparecido Dias disse...

O texto é do Veríssimo sim! E se não for que se dane, o BBB continua a ser uma porcaria indigesta, que só encontra aceitação em mentes doentias e desprovidas de moral e bom senso! E lá vem aquela conversa fiada de que é apenas um entretenimento. Nessa linha de raciocínio de cavalgaduras, um filme pornô também é um entretenimento, ora bolas! Isso só pode ser falta de ter o que fazer, mente vazia que aceita qualquer porcaria para "entreter". Tem muito filme bom no horário deste Big Bosta, em vários canais a cabo e satélite, qualééé?!? E existe ainda um aparelho chamado DVD PLAYER, que serve pra gente ver filmes, sabem? Aí sim você relaxa: pode curtir desde "Chapèuzinho Vermelho" até Jean Claude Van Damme, Sylvester Stallone, Jet Lee, John Wayne, Charles Bronson e outros artistas de filmes "calmos". Também pode ler livros como:"Os Irmãos Karamazzov Gays", "Influências do Acadismo na Civilização Européia", "História das Leis e Processos Preemptivos" "Regras Básicas da Putação Incriminatória", "Discursos, Leis e Emendas do Congresso Nacional", "Pilastras Basilares do Direito Internacional Em 50 Volumes", e coisas do gênero. Uma coisa eu garanto: vão pegar no sono antes de terminarem de ler as respectivas introduções! Isso, admitindo-se que existam tais livros, é claro!!!

Missionária Bella Dourado disse...

Outra sugestão ao texto, que tal desligar a tv se não houver mais nada interessante no horário, para economizar na conta de luz?? É muito bom para o bolso e o planeta agradece.
Bjs adorei o blog

Anônimo disse...

Valeu! Eu não assisto nem as chamadas do BBB, que diga-se de passagem, são muitas e estratégicas, tem que ser rápido no controle remoto... rs

Carlos Ramos disse...

olha esse texto, apesar de legal, não é do veríssimo http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2010/04/04/outro-voce-280562.asp
.. vamos ter cuidado em atribuir autoria.

sergio disse...

Bom Dia Carlos,
Sobre seu comentário do Bula na Bula, ñ falei que era do Veríssimo, ( ele indentificou-se assim) apena explanei minha opinião e sempre assim o farei em relação ao BBB, pois axo-o de grande inutilidade, nada a passar ou absorvermos neste reality. Por outro lado, vemos que é uma forma de distração, afinal cmo citei em outro comentário, são seres que tem um QI baixo, pois preocupar-se em saber se fulano esta transado com fulana isso ñ eleva-me a nada. Pena poucos terem acesso a TV por assinatura.

abraços.

Anônimo disse...

Luis Fernando Veríssimo escreve muito melhor que isso.

Lucas disse...

Não é do Veríssimo. Confesso que eu estava louco pra achar algum erro descarado de ortografia que dispensasse qualquer justificativa da minha opinião, mas parece que algum adiantado já achou as provas do crime.

"Dizem que Roma, um dos maiores impérios que o mundo conheceu, teve seu fim marcado pela depravação dos valores morais do seu povo, principalmente pela banalização do sexo"

E o autor com certeza faltou às aulas de história antiga...

SONHOS LETRADOS disse...

Bem, infelizmente a internet permite que se dê graça a quem não a fez, no caso do texto algo me diz não é de Veríssimo...não somente pelo tom, nem pelo equívoco histórico...mas independente de tudo isso, não achei o texto ruim, pelo contrário, o contexto em si é o que sempre achei a respeito desse tão mal falado BBB...(quase que escrevo um palavrãozinho, pois combina bem...rsss).
É o programa de promove a "curtura" e não a CULTURA...O cidadão em vez de evoluir, passa a copiá-lo e regredir.
Em suma...ler um livro ou ouvir uma boa música para relaxar depois de um dia estressante vale muito mais a pena. Seu CÉREBRO agradece.

Enter disse...

Bem dramático, basta mudar de canal, deve está esclerosado.

Anônimo disse...

Realmente a a "Poderosa Mídia" vai sugando o mínimo de inteligência e discernimento que a população brasileira ainda possui. Isto mostra a falta de cultura e educação proveniente de vários governos que não querem que nós brasileiros tenhamos muito acesso a educação, para que não possamos questionar sobre os atos dos políticos.

sergio disse...

Na real, acho bobagem discutirmos se o texto é do Veríssimo ou ñ.

Anônimo disse...

Perguntas:
1.Tem algum texto do Luiz Fernando Veríssimo sobre a FAZENDA da Record ou ele só´assite ao programa da GLOBO?
2.A crônica é do Veríssimo é verdadeira, é dele, pois se tratando da INTERNET, "nem tudo que reluz é ouro".
3.Será que ele quer pegar uma carona no IBOPE do BBB?Ele é um gênio, não precisa disso.
4.Será que ele quer aparecer criando uma "saia justa" com o Bial, tratando o mesmo como mulher de bandido...elogia e deprecia...
5. Sei não...

Edilene disse...

Não poderia ficar calada.Quem sou eu para discordar?Ressalvo que não sou fã do BBB, mas não concordo com esse texto,acho prepotente e irreal.Primeiro ele critica a posição do jornalista Pedro Bial,que possui curriculum de grande competência... jornalística.Só escolheram o melhor para narrar uma novela do comportamento humano,possuidor de grande destreza para lidar com a estupidez humana.Um exemplo:só os ignorantes criticariam um grande advogado criminalista,estudioso e vencedor pelos seus méritos. Quanto aos heteros, gays e lésbicas (todos ligados ao sexo)estão ai, é uma realidade,inclusive fazem nas baladas o que vemos na TV e o que não vemos,que pode servir de exemplo a nós, a nossa responsabilidade de educa-los,independente da opção sexual,que já é uma grande vitória a quebra do preconceito.O perfil desses participantes é o perfil do jovem Brasileiro sonhador, que não teve uma estrutura famíliar boa, com um diferencial,a beleza.O Brasileiro que tem uma vida dura,tudo que ele deseja é chegar em casa, comer um prato de comida e ligar a televisão,inclusive os jovens que trabalham desde cedo.Para que serve conhecimentos intelectuais?O que interessa é o jogo psicológico do programa,como Bial diz:o jogo da vida,das brigas e discussões que ás vezes é gerado por um prato de comida,realidade do Brasileiro.Realmente existem milhões por trás disto,grande idéia de fazer dinheiro.Pelo amor de Deus!Questionar o que vai ser feito com essa quantia?Pelo que eu saiba a Rede Globo é uma empresa privada geradora de empregos!Questione para onde vai o dinheiro de nossos impostos!Isso sim é o cúmulo!E outra:Porque não comentar algo construtivo dos programas Globo Ciência,Globo Comunidade,Globo Ecologia,Globo Educação?Minha indignação em ler essas palavras de um famoso escritor,que se aproveitou da onda dos intelectuais de criticar o BBB,afinal milhões se interessam, mas na verdade não aparece um que assuma que assiste o programa e a tristeza de saber que está fora da realidade dos Brasileiros que sobrevivem,que não tem acesso ou não tem interesse de se intelectualizar justamente pelo psicológico que não permite,tema do programa BBB.Curioso né?

sergio disse...

Cara Edilene,

Sábia suas palavras, porém como vc mesmo citou o Pedro Bial, exemplo de jornalista deixa-se levar por um programa futil (ao meu entender). Certa vez lí uma reportagem do Marcelo Rezende, dizia ele q a direçaõ do programa na epoca, queria q ele fizesse o programa da manhã da Record (ñ lembro o nome) e ele falou q ñ estava ali para apresentar coisas pequenas, futeis e muito menos pra preparar comida. ( a praia dele era outra: reporter investigativo)( isso chama-se personalidade forte) Quanto ao perfil destes participantes, vejo-os com seus "15 minutos de fama" afinal, quem lembra-se do 1º BBB e quem o ganhou? Concordo com sua pessoa ao citar os programas Globo Ciencia, Ecologia e outros mais. Mas ñ nos esqueçamos que o nosso povo por terem a mente a qual ñ usam o quanto deveriam, preferem assistir "coisa" que ñ os elevam mentalmente. ( e viver de utopia é o ideal) Sem falso moralismo, afinal trabalho cm mentes humanas, fico abismado quando me falam ou leio via net, como diz vc: o q eles fazem em baladas ou na Tv ( gays, lésbicas ) deveriam ter o discernimento de saberem q milhões estão assistindo -os, inclusive crianças. Seria justo eles passarem oq deveriam ficar entre 4 paredes? como fica a cabeçinha de uma criança ao ver certas cenas e posteriormente perguntar aos seus genitores e logico, muitos ñ sabem como falar? Pense nisso. Como falou a Rita Lee, se quer fazer sucesso ( mulher) mostrem a bunda. E isso ñ preciso dar exemplos ou preciso?

Edilene disse...

Caro Sérgio,entendo seu ponto de vista,e pode acreditar concordo.Mas...todos temos o direito de expressar nossas opiniões e na realidade o que discordei foi do texto do Veríssimo,também no meu entender é um programa polêmico,conheço muitas mães que criticam o BBB e nem imaginam o que seus filhos fazem na Balada,muitas nem imaginam que seus filhos são homosexuais pois ele não tem a confiança de seus pais.Acredito também que é de responsabilidade dos pais estar sempre atento ao que seus filhos assistem,inclusive ao acesso a internet,o programa passa muito tarde,pelo menos para mim,hora de criança estar na cama.Vale ressaltar que não estou acompanhando (desta vez),mas fui acessar o youtube e tinha uma cena onde uma moça desmaiava de tanto beber...uma cena triste...Quer saber de uma coisa:Cansei de ver gente assim e o ultimo a saber são os pais,isso é...se um dia vão saber...Na verdade agente enxerga o que quer ver e eu tento ver o lado construtivo disto, se é que você me entende...o lado omisso da sociedade quanto a moral e bons costumes, não adiantar criticar, a realidade já está ai, temos que dar exemplos de boa conduta e saber conviver respeitosamente com as adversidades,só isso...Em outros países é muito pior, pode ter certeza...muito mais escancarado...e só assiste quem quer...e existem países que tudo é proibido e a violência moral inclusive a sexual é muito pior no cotidiano da vida das pessoas, muito chocante e a maioria das vezes em nome de Deus.Quanto ao Bial nunca saberemos da verdade,muitos ditos não são verdadeiros,inclusive este texto do Veríssimo,na mídia dia também existe politicagem de interesses,mas...Quem somos nós para critica-lo?Acho que para um programa de grande audiência não poderia ter melhor apresentador, preparado, capacitado.Já não basta as asneiras dos participantes, se não tiver um apresentador inteligente e astuto o programa desanda...Sabe o que é bom nisso tudo?Podemos nos expressar,reaver nossos valores,trocar idéias, discutir e até mudar de opinião...Isso é maravilhoso!Falo isso porque o BBB não vai fazer eu mudar meus valores, muito pelo contrário, vai abrir minha mente das coisas que acontecem neste mundo da qual não participo,mas posso ter como exemplo como este mundo está caminhando,e digo mais,como posso dialogar com esses jovens que vai presenciar tudo isso fora de casa(a não ser que tranque esse jovem em casa,ah...sem internet),ter uma base para conduzir o rumo das situações que aparecerão no percurso de nossas vidas...Digo mais uma vez, não sou defensora do BBB, mas acho que temos que aprender conviver com as adversidades e peneirar o que serve e o que não serve para nós, a educação de nossos filhos depende de nós e não de um programa de televisão.
Me empolguei,kkk...bjs...

sergio disse...

Caramba! nunca pensei que 1 texto fosse criar tanta polemica e tdo isso sem saber ao certo quem o escreveu.(rsrsrs) Vdd, no sentido que muitos pais estaõ omissos, mas educação vem do berço, assim, se tenho minha personalidade formada jamais direi algo q seja o inverso da minha conduta (pensamento) pra agradar alguem e oq vemos são muitos, muitopa alienados. (gurizada)Costumo dizer que a NET é faca de dois gumes, pensamos q estamos dominando-a e oq vemos é o inverso. Cito 1 amiga q estavamos a falar e ela telefonou pra sua residencia pedindo ao filho pra colher frutas, algo assim, no ORKUT. E neste momento ví q ela estava bitolada a intenet. (q pena)Quanto ao Pedro Bial, tens razão, pois deve mesmo ter alguem de punho forte, caso contrario ñ teria a audiencia merecida. ( ate pq ele sabe lidar muitissimo bem com o EU de cada participante)Na real ñ é muito bonito alguem se expor desta forma em beber sabendo q varias camaras estão ao seu redor e logico cairá em rede. Mas é isso q o nosso povo gosta e quem seria eu pra mudar isso? Apenas explanei meu pensamento ja que o espaço foi aberto. Entaõ que o deixemos com suas utopias e seus segundos de fama. Afinal, o mundo é uma Universidade e os Realytes, os fazem de marionetes.

abraços!!

Edilene disse...

kkk...É a empolgação...
Tenho um amigo que postou em seu blog que este texto não é verdadeiro, como eu já previa... http://altairderbe.blogspot.com/2011/02/autoria-questionavel-do-texto.html
Bjs...

Marcio disse...

É uma pena que a mídia, neste caso a tv globo, não acredita na sua capacidade de conseguir audiência fazendo desse programa um desafio cultural, com "Brasileiros Reais", como professores, médicos, pedreiros, etc... Desafios que trouxessmem informção e cidadania... E é triste ver um monte de amigos que adoram a baixaria e não perdem um paredão...

Dilma Texeira disse...

Na verdade, além do BBB existem outros programas absurdos,os quais acabam com os valores morais e éticos ,fazendo uma poluição sonora e visual no corpo do telespectador. MAS A MINHA Tv eu que controlo!!!! Jamais deixarei de assitir programas educativos que é uma distração para quem reaalmente se importa com melhorias para esse país....Para dar audiência a esses REALITY SHOWS sem fundamento.

Viés Feminino disse...

Quase um ano se passou, e essa crônica ainda é bem atual!

Anônimo disse...

O texto nao eh do Verissimo, de jeito nenhum. O texto eh super simplorio...

sergio disse...

Caro Anônimo,
Já debatemos sobre isso. Mas devemos ressaltar que esta dando oq falar.

sergio disse...

Márcio, neste caso o Ibope fala mais alto (logico, tendo quem assiste)conheço seres que neste horario nem saem de casa, lamentavel.

sergio disse...

Viés...

Verdade, quase 1 ano depois vem a tona o assunto, mas isso é devido o momento e bom saber que existem pessoas com discernimento cabiveis pra serem rapidas no controle.

sergio disse...

Parabéns Dilma, Afinal se muitos a ssim agissem, o teor seria outro com certeza.

sergio disse...

Minha cara Edilene,

Gostei do termo usado: empolgação.....rsrsrs

Anália Maia disse...

Edilene,

só uma pergunta. Por que a Globo não coloca esses programas que vc citou, Globo Ciencia, Globo Ecologia e outros, no horário acessível ao brasileiro médio, que pega cedo no trabalho e chega tarde em casa? Por que o horário nobre não previlegia programas mais educativos?
Vamos deixar de colocar "panos quente" e assumir as nossas responsabilidades. Nós somos o povo brasileiro, não podemos continuar nos referindo a ele como se estivessemos de fora, na 3a. pessoa, temos que assumir a 1a. pessoa do plural.
Não há qualquer polemica, não há dúvidas, o texto reflete a indignação da maioria dos brasileiros. Nós estamos cansados da falta de respeito.

Anônimo disse...

Além do Big Brother temos outra aberração que é o criança Esperança. Alguém já viu ou ouviu falar de assistência social desta campanha, algum hospital, acompanhamentos e etc?
Só vejo nas comunidades as crianças com tambor, jogando capoeira, dançando e etc.
PRA ONDE VAI TANTO DINHEIRO ARRECADADO.
O Dinheiro arrecadado pelo Sílvio Santos vão para reabilitação de crianças deficientes, construção de clínicas e acompanhamentos de alta qualidade.

Byel disse...

Nunquinha que esse texto é do Veríssimo... não creio que vcs se julgam tão inteligentes por não assistirem BBB, no entanto caem nessas armadilhas de Spam...e textos de internet!
E esse texto só não é assinado pelo Pedro Bial (pq ficaria uma contradição absurda!!)

kkkkk

Pedro Maciel disse...

eu tbm postei esse texto em meu blog... e concordo com tudo que ele disse. e ainda teve gente que disse q esse texto nao é dele (alguma possibilidade disso? acho que nao...). vo add vc e seguir ta?
qualquer coisa da uma passadinha la no meu blog ta?
abraços!!

Rafael disse...

Pra quem detesta o BBB, estao dando bastante destaque e isso so eleva o ibope... que nao gosta de verdade, simplesmente nao se importa

Célia Porto disse...

É isso... E não é só neste programa BBB. As novelas estão com o mesmo roteiro a mostra da total decadência do ser humano. Numa só novela encontramos as piores atidtudes da maldade humana. e lá se vai a cultura e bons exemplos.

sergio disse...

Caro Rafael,
Discordo de sua tese, afinal estamos expondo nossos pensamentos livres em um Blog, a qual foi levantado o tema. Pq como diz o amigo "detestamos" qua ao meu ver é um termo forte, sendo assim, pergunto-lhe: qual programa em canal aberto poderiamos assistir? se bem que; em canal fechado tb existe cada um...
Mas tem um que no Multishow, chama-se Morando sozinho, muito bom, pelo menos pra mim.

bom dia!!

-everton' disse...

Devemos ressaltar, porém, que a história de assistir o programa so por assitir não convence ninguém... se você realmente não gosta do programa, que não assita, e não diga que vê só por ver, por que assim, você mesmo, que critíca a má qualidade dele, está contribuindo para o ibope...

e eu acho, que, se existem coisas de gênero, e porque existe público para tal... #ficaadica

sergio disse...

Meu caro Everton,
Engano seu quando cita que eu assisto o que vc chama de programa, ( BBB) pois meu trabalho impedí ( chego tarde) e tb minha mente ñ ocupa espaço pra coisas pequenas, meu QI é bem mais superior ao BBB como demais programas.

josineide disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
josineide disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
josineide disse...

É uma pena que o ser humano perdeu o pudor e pior de tudo que nem lembram que no mundo existem crianças que deve ser respeitadas (preservadas), pois se fazem propagando contra abuso sexual infantil, esses tipos de programas não deixam de ser um abuso psicológico as crianças, pois desenvolvem muito cedo o desejo das crianças pelo sexo já que é a única coisa enfatizam na televisão. VAMOS CUIDAR MELHOR DO NOSSO FUTURO PORQUE CASO AO CONTRARIO O SER HUMANO IRÁ CADA VEZ, MAS PARA O POÇO DE ONDE NÃO PODERÁ SAIR!!! Onde estão as nossas autoridades que não se incomodam com isso?

Tiago Diniz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tiago Diniz disse...

Gente, o cara que escreveu isso, conseguiu Transmitir o que eu penso a alguns anos, não só sobre o BBB, mas tbm Sobre as programações de Novelas e series que Fazem uma Tremenda sacanagem com a Mentalidade e com a opinião das pessoas do nosso país, Como é mesmo a Frase que ele usou..
"O BBB 10 é a pura e suprema banalização do sexo"
esses dias conversando com um colega ele me falou sobre como as Telenovelas Influenciaram no numero de Separações desde que Começaram a ser exibidas, Televisão só pra ver jornal e Olha lá...

sergio disse...

Pois é, caro Tiago, estamos diante do fabuloso "BOM BACANAL BRASILEIRO" (BBB)isso é que podemos chamar de algo produtivo, mentalmente falando.

sergio disse...

Cara Josineide,

Pena mesmo pensarmos assim, mas na verdade oq vale é o Ibope e isso a Globo sabe manipular muito bem. Ñ quero e ñ sou moralista, mas oq passa são apelaçoes, virou rotina a pratica do sexo e outras mais no "bom bacanal brasileiro" (BBB) ( adorei as iniciais rsrs) só fko a perguntar onde esta a censura? ou será que eles tb assistem e votam no paredão? acho que sim.



bom dia!!!

gokula disse...

Esta crônica deveria ir ao ar em horário nobre na tv no radio no jornal em todos os meios de comunicação por um bom tempo até queimar a vergonha de quem assiste tais Reality's shows...

Marisa disse...

Não entendo uma coisa: homens falam muito de sexo, pessoas dizem que nossa sociedade é liberal, etc, mas aí quando aparece uma mudança de comportamento feminino na TV, todo mundo diz que é uma bosta e que falta moral. Exemplo: mulheres se unem para eliminar homens no paredão, mulheres ficam viúvas dos caras que saíram e pegam outro, etc. Acho que é puro machismo, porque novela é extremamente machista e ninguém fala mal, tipo: homem batendo em mulher, homem divorciando da mulher porque pegou ela "um pouco à vontade" ao lado do irmão dele. Vai me desculpar, mas esse negócio de dizer que o povo é burro, na verdade é uma mensagem subliminar de quem quer dizer que mulher é burra!

sergio disse...

Bom Dia Marisa,

Penso que vc pegou o bonde andando, pois oq estamos a relatar é a falta de sensibilidade dos participantes, pondo seus (dotes) em rede nacional. Programa este, repito, que ñ nos tráz nenhum merito, pelo contrário. E sem moralismo.... Vejamos: certa vez 1 casal amigo Dinamarquês aki vieram e fui ao hotel visita-los, estavam na piscina, quando a minha amiga, resolveu tirar a parte de cima do bikiní,( coisa banal no país deles) logo foi repreendida pelo gerente que prontamente mandou-a compor-se. Ela olhou e falou: pq ñ posso? se vcs nos mandam mulheres nuas no período carnavalesco? (Tv e ele calou-se. esta é a imagem que passam la pra fora, sobre a mulher Brasileira)Acho que vcs tem seus espaços e bem lastro, mais com 1 pouco de ponderação seria bem melhor e ñ aquela coisa de apelação física. Ate pq ao sair do BBB (BOM BACANAL BRASILEIRO) elas seram chamadas pra posar em algumas revista, e ai tornar-se-ao "MODELOS".

Anônimo disse...

O texto é do Marcelo Guido,que pode ser encontrado no link:

http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cod=56131&cat=Artigos

Agrício Visoná disse...

que texto foda! perfeito, bem escrito e de total importância sobre um programa que deixam os telespectadores alienados a um programa tão fútil e banal. tv globo: destruidora de cultura!

Anônimo disse...

O engraçado é que os críticos que questionam o Q.I. de quem acompanha o programa sequer sabem reconhecer a falsidade da autoria do texto. O brilhante Luiz Fernando Veríssimo não teria a capacidade de redigir um texto tão ruim.

sergio disse...

Pois é, sr. anônimo. Se tenho a capacidade como muitos de discenir. Só tenho que agradecer este Dom. Se usassemos um pouco mais da massa encefálica...

Hellen Taynan disse...

O texto até pode não ser do Veríssimo, mas de longe está mal redigido! Concordo com os comentários acima que enfatizam a banalização do sexo e a deturpação dos valores morais. O que seria de minha família se acompanhassemos o BBB? Ainda bem que fomos criados com ordem e decência e tal maleficência não entra em nossa casa!

P.S. Não sabia que este texto tinha rendido tantos comentários! Vou investigar de onde vem cada um de vocês e retribuir a visita! =)

Anônimo disse...

O TEXTO NÃO É DO VERÍSSIMO E PONTO FINAL ......

sergio disse...

Assim como o José Alencar ,o Big Brother Brasil chegou ao fim . O reality show comandado por Pedro Bilau continua sendo uma mania nacional . E esse ano quem levou o prêmio foi a Maria , ex-garota de programa. Não só levou, como também abocanhou (com duplo sentido, por favor) 1 milhão de reais, o maior michê, quer dizer, o maior cachê pago até hoje no Brasil por um programa. Programa de televisão, é claro.

Infelizmente, eu e o Bial não pudemos acompanhar o BBB ( Big Breasts Brasil ) 11 porque estávamos muito absorvidos com as filmagens de “ Agamenon ” , meu consagrado filme que já está sendo considerado pela crítica especializada como a segunda maior comédia do Brasil, depois de Limite de Mario Peixoto. O Steve Wonder também não viu. Mas é como eu digo sempre: não é necessário assistir um programa na televisão para se fazer uma crítica de TV isenta , demolidora e imparcial.

Na temporada de 2011 o Big Brocha Brasil botou pra quebrar : teve até um transexual do sexo feminino na casa , a Ariadne , que logo foi pro paredão , coitada , porque ela ( ele ) era filho(a) do Toninho(a) Cerezo(a) . Mas entre os três finalistas , foi a brejeira Maria , a Bruna Surfistinha do BBB , quem conquistou os espectadores do Big Bordel Brasil . A vitória de uma garota de programa num dos programas mais populares do país mostra como é que funciona a mente do brasileiro. Aliás, como mente o brasileiro...

Já foi o tempo em que se tinha preconceito com a prostituição no Brasil. Antigamente só se admitia uma pessoa vender o próprio corpo se fosse para estudos científicos. Hoje o exercício da piranhagem é totalmente aceito pela sociedade brasileira e tem até alguns deputados que já estão com a idéia de regularizar a mais antiga profissão do mundo .As garotas de programa vão descontar INPS e receber décimo terceiro, férias e Fundo de Garantia, aliás , Fundos com Garantia é muito importante para quem quer fazer sucesso nesta profissão. Eu entendo os nossos parlamentares : com a regulamentação da profissão de surfistinha, eles não vão precisar mais sustentar as mães deles que vão passar a receber aposentadoria todo mês.

Mauro de Bias disse...

Pobre Verissimo, que é obrigado a lidar com gente idiota que escreve e põe o nome dele com se fosse o autor. O texto obviamente não é dele.

Anônimo disse...

Acabei de ver uma reportagem na globo news entrevistando o suposto autor deste texto. Ele disse que já foi até parabenizado pelo texto mas que não o escreveu!!!

Anônimo disse...

LEGAL,BROTHER !! TERESSANTE...¬¬